Top 5 jogos essencias (para atrair novos jogadores)

Já alguma vez sentiram aquela frustração quando, ao dizerem a um amigo que adoram jogos de tabuleiro, ele vos pergunta: “Jogos de tabuleiro? Tipo Monopólio?”. Aquela sensação de que se tivessem um tabuleiro de Monopólio nas mãos seria apenas para atirar á cabeça de quem acabasse de proferir tamanho vitupério?

Pois bem amigos, de forma a evitar processos cíveis dos vossos amigos e de forma a que eles se possam juntar ao nosso culto e, posteriormente sacrificar cópias de monopólio num altar improvisado, deixo-vos aqui um Top 5 de jogos essenciais para atrair novos jogadores. Aviso no entanto que este top é Catan-free e Carcassonne-free , porque na verdade incluir estes dois jogos no top seria tão óbvio quanto sugerir batatas fritas para acompanhar uma francesinha. Deixo também a ressalva que estes 5 jogos não estão ordenados por nenhuma ordem em particular, e não é o objectivo deste post dizer qual deles o melhor. São todos bons. Ponto. E essenciais!

TICKET TO RIDE / TICKET TO RIDE: EUROPE

pic3338605
Choo Choo…

O Catan dos tempos modernos é já um clássico (o tempo passa muito depressa no mundo dos jogos de tabuleiro). Publicado no ano em que perdemos aquela trágica final contra a Grécia, o Ticket to Ride veio cativar todos aqueles jogadores que, mesmo depois de expostos ao Catan, não ficaram viciados naquela interacção á volta da mesa a tentar trocar milho por ovelhas. O Ticket to Ride introduz aos novos jogadores o conceito de colecção de sets e em certa medida gestão de mão. No tabuleiro os jogadores vão construindo rotas entre cidades de forma a completarem os bilhetes que têm na mão. Os turnos são extremamente rápidos. Na verdade, no seu turno, o jogador pode biscar 2 cartas, construir uma rota ou biscar novos bilhetes. Nada mais simples do que isto. Sem nos apercebermos, já chegou novamente á nossa vez. O jogo flui de maneira tão elegante quanto uma patinadora artística numa pista de gelo. Mas não se deixem enganar pela sua aparente simplicidade, este jogo obriga-nos a decisões difíceis constantemente:

pic3383753_md
Tenho cartas para construir uma rota daqui até ao infinito e mais além!!!

deverei biscar estas duas cartas ou construir já? Se construir já, reclamo esta rota, mas se biscar estas duas cartas posso fazer num turno seguinte aquela rota mais comprida! ahhhhhhh!”

“Ok, já completei uma série de rotas no tabuleiro. Será que deverei biscar novos bilhetes. As probabilidades de sacar alguns bilhetes que me ajudam é grande. Mas, e se forem todos maus, se não tiver hipótese de completar nenhum. Eu sou obrigado a ficar com pelo menos um! ahhhhhhhh!”

Mas há mais, muito mais. A interacção entre os jogadores é enorme porque estão todos a lutar pelas mesmas rotas no tabuleiro. Quem as reclamar primeiro fica com elas. E o final é quase sempre épico. O facto de que os bilhetes de cada jogador só serem contabilizados no final pode levar a que o jogador que esteve na frente o tempo todo acabe por ficar em último porque não conseguiu completar a maior parte dos seus bilhetes (bilhetes não completos fazem os jogadores perderem pontos).

pic3036050_md

E como qualquer jogo com sucesso, este jogo tem inúmeras expansões e variantes, diferentes mapas e até uma edição deluxe que deixará qualquer coleccionista a pingar baba diante dos seus componentes.

10e-aventuriers-big

Que tipo de pessoas podemos atrair com este jogo: Todas! Até a vossa avó! Até mesmo o vosso tio cuja única ligação que tem ao mundo ferroviário foi ter dançado o apita o comboio no baile do casamento da vossa prima Mafalda! Até o senhor da kebab shop no centro da cidade! Até….. bom, acho que perceberam a ideia.

Punchline para convencer o vosso amigo: “Queres jogar um jogo?, ” Qual?”, “Já te mostro, mas primeiro pega este talão de desconto”, “Para quê?”, “A primeira coisa que vais querer fazer depois de jogar, vai ser comprar este jogo!”

DOMINION

O Dominion tem duas características que fazem dele um essencial: a) é o pai de todo um género de jogos de tabuleiro e b) tem tantas, tantas expansões que provavelmente o Paulo Núncio já lhes perdeu o rasto!

pic393368_md
Cartas! Milhões de cartas!

O Dominion inventou o conceito de “construção de deck”. Mas, eu e o meu pai já assentamos deck na varanda á vários anos, dizem-me vocês. Calma! Estou a falar de jogos de tabuleiro, não estou a falar de bricolage.

c3d705fbe4cea223a0315674c5c53dc0

No nosso hobby, construção de deck significa começar com um pequeno baralho de cartas e ao longo da partida ir adquirindo novas cartas que vão sendo adicionadas ao baralho tornando-o mais forte.

pic392260_md
Vou construir um baralho capaz de dominar o mundo. Muahahahahahaha….

No início do seu turno o jogador bisca 5 cartas, e com essas 5 cartas ele pode fazer acções ou comprar novas cartas. Essas cartas serão mais tarde adicionadas ao baralho assim que o jogador tiver que baralhar a sua pilha de descarte para biscar novas cartas. Em cada partida, para além das cartas de dinheiro e das cartas de pontos de vitória, os jogadores terão á sua disposição para comprar  10 cartas de acção diferentes. Em cada jogo, o grupo de cartas de acção que pode ser comprado é diferente, o que faz com que o jogo tenha imensa rejogabilidade uma vez que este vem com milhões de cartas de acção diferentes (pronto, 25, ainda assim são muitas!)

kingdom-setup1
Cartas de dinheiro á direita, cartas de pontos vitória em cima, cartas de acção no centro da mesa

Dominion obriga-nos a gerir muito bem o baralho que vamos construindo. Reparem que no final do jogo, ganha quem tiver mais pontos de vitória entre as cartas que compôe o seu baralho (cartas verdes na imagem em cima). No entanto, elas não têm nenhuma outra função. Não podem ser usadas para fazer acções, não podem ser usadas para comprar outras cartas. Por isso, encher o baralho com cartas destas no início do jogo significa ter um baralho bastante ineficaz. Mas quando é que devemos deixar de comprar cartas de dinheiro ou de acções e devemo-nos focar então nas cartas de pontos? Bom, é essa a decisão angustiante que vamos tendo que tomar á medida que o jogo avança, sempre com o receio que um dos nossos adversários acabe com o jogo prematuralmente.

dominion-rest
Expansões = Biliões de cartas

Que tipo de pessoas podemos atrair com este jogo: Todos os que gostem de jogos de cartas. Todos os que gostem de bater com os dedos na mesa ao jogar o trunfo numa partida de sueca. Todos os que tiverem um pouco de tempo livre (porque vão querer jogar novamente após a primeira partida) e a conta bancária sobre controlo (porque vão querer comprar todas as expansões)

Punchline para convencer o vosso amigo: “Lembras-te do (inserir nome aqui), que comprou um mini há 5 anos atrás, e depois comprou um mercedes um ano depois, e depois um ferrari no ano a seguir. E depois comprou um iate e no ano passado e um avião privado este ano? Tenho aqui um jogo que te vai dar (quase) essa sensação de posse.

SMALL WORLD

pic455932_md

Small World insere-se na categoria “dudes on a map” ou em Português correcto, “gajos num mapa”. É um jogo de controlo de área que recompensa mais a estratégia de cada jogador do que que propriamente a sorte (ao contrário de um famoso jogo cujo nome começa por “r” e acaba em “o” e tem “isc” escrito pelo meio, mas que eu não vou aqui pronunciar).

Small World é uma mistura entre guerra e stand-up comedy. No jogo vamos controlando estranhas raças com poderes ainda mais estranhos numa hilariante combinação de porrada e regabofe.

pic464309_md
Exemplos de possíveis raça

Cada uma das raças resulta de uma combinação entre uma raça e um poder especial. Podemos ser os Homens-Rato Alquimistas ou os Ghouls Voadores, ou qualquer outra coisa estranha que acabará por aparecer. Ao contrário de outros jogos de controlo de área, nomeadamente aquele que não pronunciarei, um jogador nunca é completamente obliterado do jogo mesmo que esteja a jogar mal, ou mesmo que todos os outros se tenham aliado para lhe dar cabo da estratégia. Em Small World, um jogador pode decidir colocar a sua raça em declínio e, no turno seguinte, escolher uma nova raça, entrar pelo mapa dentro e vingar-se de todos aqueles que o vilipendiaram. No fundo, o jogo incentiva mesmo a que os jogadores vão tendo mais do que uma raça durante o jogo.

pic569323_md
O Conde de Contar a ser invadido pelos homens rato: 1 rato, dois ratos, trrrrrês ratos, quatro….

Small World é um jogo causal, inteligente, elegante e completamente doido. Os seus componentes são excelentes, o tabuleiro é colorido e as suas mecânicas de jogo fazem-nos sentir constantemente que estamos prestes a perder o controlo daquilo que julgáramos sobre controlo alguns segundos antes.

small-world
Capa do jogo (ligeiramente) adulterada…

Que tipo de pessoas podemos atrair com este jogo: Todos aqueles que gostem daquele jogo que não vou pronunciar. Todos aqueles que gostem de jogos onde a interacção é grande. Todos aqueles que não ficam chateados quando o vizinho lhes estraga os planos. Todos aqueles que gostem de rir bem alto.

Punchline para convencer o vosso amigo: Queres ser um Esqueleto Mercador? Ou um Homem-Rato Diplomata? E que tal um Troll voador? Se calhar queres é mesmo ser um Ghoul Heróico!

PANDEMIC

983636_orig

Pandemic é um jogo cooperativo onde cada jogador assume o papel de uma personagem num mundo que parece nunca estar a salvo de 4 devastadoras doenças.

Cada jogador move o seu peão no tabuleiro de jogo, viajando de cidade em cidade, de continente em continente, curando focos de infecção dessas mesmas doenças, prevenindo que aquilo que já parece mau agora, se torne pior ainda daqui a dois ou três turnos.

pandemic-board

Mas como em qualquer blockbuster americano, quando as coisas parecem bem é quando elas começam de facto a correr mal. No final do turno de cada jogador, um certo número de cartas do baralho das doenças é revelado e a cada cidade revelada um cubo da respectiva doença é adicionado. Quando um quarto cubo deve ser adicionado há um contágio e, todas as cidades conectadas com essa cidade, recebem um cubo dessa mesma doença. Pior ainda: isto leva a que algumas cidades já com 3 cubos de doença provoquem  também um novo contágio. Consequentemente o inferno desce à terra em forma de cubos coloridos.

pandemic_player_cards

Em Pandemic ganhámos ou perdemos em equipa. Não há meio termo! O nosso único adversário aqui é o jogo que nos vai tentando fazer a vida mais difícil a cada turno que passa. Pandemic faz com as nossas vitórias ou derrotas sejam sejam apoteóticas e épicas.

14687450

Que tipo de pessoas podemos atrair com este jogo: Todos os que não gostam de jogos competitivos. Todos os que não conseguem perceber coisas simples, tais como as regras da malha, por exemplo (como o jogo é cooperativo, podemos ir ajudando os jogadores que estão mais ás “aranhas”). Todos os que trabalham no ramo da saúde. Todos os que se esqueceram de lavar as mãos depois de espirrar.

Punchline para convencer o vosso amigo: Queres ser um herói? Queres salvar o mundo? (isto, apenas isto basta, afinal quem é que não quer ser um herói!)

7 WONDERS

71nbgji01xl-_sl1280_

7 Wonders é o meu jogo essencial! Pode não ser o melhor jogo da minha colecção, mas é o meu jogo de eleição. Foi ele que me trouxe a este culto e é por isso que quero partilhar aqui a minha paixão por este jogo.

sunset-hands-love-woman

Bom, deixemo-nos de mariquices.

7 Wonders é um jogo competitivo de colecção de sets e onde a escolha das cartas é feita através de um draft. Cada jogador recebe uma mão de cartas, escolhe uma carta para jogar, joga essa carta, passa as restantes cartas ao jogador á sua esquerda e recebe uma nova mão de cartas do jogador á sua direita. Este brilhante mecanismo faz com que o jogador tenha sempre que fazer uma escolha entre o que é melhor para si ou que é que ele tem que prevenir que chegue ás mãos dos seus adversários. As escolhas são inúmeras e as estratégias as mais diversas. Devo investir na cultura ou no poder militar? Devo antes construir muitos edifícios comerciais ou edifícios cívicos? Ou será que devo acumular mais recursos?

ending-civilization

Mesmo a iconografia que parece ao início complexa, é bastante intuitiva e de fácil compreensão. São muito poucos os jogos que permitem jogar com 7 jogadores. E são ainda menos aqueles que conseguem que o tempo de jogo com 2 jogadores seja praticamente o mesmo que com 7 jogadores: reflexo do brilhante sistema de draft de cartas simultâneo por parte de todos os jogadores.

leaderrome

Apesar de no final de uma partida de 7 Wonders parecer que um dinaussauro comeu o jogo e depois vomitou todas as cartas em cima da mesa (ver imagem em baixo), ficamos sempre com a maravilhosa sensação de que construimos algo imponente.

ess1078

E se não bastasse a enorme rejogabilidade do jogo base, o jogo tem algumas expansões que introduzem novas maravilhas, novas cartas, novos líderes ou mesmo novos modelos de jogo.

7-wonders-bundle-7-wonders-plus-leaders-cities-babel-wonder-pack-expansion-asmodee-457
Tanto por onde escolher!

Que tipo de pessoas podemos atrair com este jogo: Todos os que gostem de história. Todos os que sonham um dia construir o mais poderoso império á face da terra. Todos os que gostem de jogar com muitas pessoas. Todos os que gostem de jogar com poucas pessoas. Todos os que gostem de cartas. Todos os que vos dizem: “se fosse comigo, este país estava bla bla bla bla bla bla”. Todos os que gostem de jogos competitivos onde existam múltiplas estratégias para explorar.

Punchline para convencer o vosso amigo: Há um gajo num blog que diz que este é o jogo preferido dele de todos os tempos. Queres experimentar para ver se ele tem razão, ou se ele é apenas um tanso?

Para terminar deixo-vos a seguinte pergunta:

Qual é o vosso Top 5 jogos essencias para atrair novos jogadores?

Anúncios

Uma opinião sobre “Top 5 jogos essencias (para atrair novos jogadores)”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s